Voltar
ABPM


A Associação Brasileira de Produtores de Maçã – ABPM, é uma sociedade civil sem fins lucrativos e políticos partidários. Foi criada em Porto Alegre em 1978, porém, sua efetivação ocorreu em Florianópolis, durante o I Congresso Brasileiro de Pomicultura, que aconteceu no mesmo ano da fundação.

O objetivo da Associação era defender os interesses das empresas que utilizavam os incentivos fiscais do Governo Federal. Por exigência dos paulistas, seu nome foi alterado para Associação Brasileira dos Produtores de Maçã e Pêra.

Segundo acordo dos Associados, a presidência da Associação seria escolhida por rodízio, respeitando a seqüência de produtores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Tal rodízio foi cumprido até 1984, quando o nome foi alterado para Associação Brasileira de Produtores de Maçã, e, com o fim dos incentivos fiscais, passou a defender todos os interesses do Setor e legitimou-se muito mais com a inclusão de diretorias mais envolvidas com a produção de maçãs.

O crescimento e o dinamismo do Setor Maçã Brasileiro, aliado à globalização do mercado fortaleceu ainda mais a Sociedade que assumiu maiores responsabilidades perante seus membros.

Atualmente, a Associação Brasileira de Produtores de Maçã – ABPM, com sede em Fraiburgo (SC) desde 1992, tem treze Diretores(2014-2016), possui 29 Associados(2015), dos quais, três associações estaduais e quatro cooperativas de produtores, os quais respondem por 75% da produção nacional, 85% da comercialização no mercado interno e, 95% das exportações.